Aliança Democrática

Conteúdo Principal
Aliança Democrática
Aliança Democrática

Coimbra

Cabeça de Lista
Rita Alarcão Júdice

Rita Alarcão Júdice



Rita Alarcão Júdice nasceu em 8 de dezembro de 1973.

É Licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa, Escola de Lisboa (1997).

Foi sócia da sociedade de Advogados PLMJ de 2013 a 2023 onde foi co-coordenadora da área de Imobiliário e Turismo.

Possui mais de 25 anos de experiência como advogada na área do direito imobiliário.

É membro da Comissão Executiva da Urban Land Institute (ULI) Portugal e associada da Women in Real Estate (WIRE Portugal).

É Coordenadora CEN – Habitação.

Candidatos
Efetivos
# Foto Nome Partido
1 Rita Alarcão Júdice
Rita Alarcão Júdice
Advogada
2 Maurício Marques
Maurício Marques
Engenheiro Mecânico
3 Martim Syder
Martim Syder
Economista
4 Ana Oliveira
Ana Oliveira
Técnica Superior
5 Gonçalo Capitão
Gonçalo Capitão
Jurista
6 Érica Castanheira
Érica Castanheira
Engenheira do Ambiente
7 Paula Helena Silva
Paula Helena Silva
Médica
8 Carlos de Figueiredo
Carlos de Figueiredo
Técnico Superior de Turismo
9 Sandra Fidalgo
Sandra Fidalgo
Professora
Suplentes
# Foto Nome Partido
1 Adriana Carnoto
Adriana Carnoto
Contabilista Certificado
2 João Pais
João Pais
Estudante
3 Patrícia Beja
Patrícia Beja
Jurista
4 Victor Carvalho
Victor Carvalho
Gestor de Empresas
5 Paulo Leitão
Paulo Leitão
Engenheiro Civil
Principais Medidas

Reforçar a componente empresarial do distrito, valorizando o território, a ciência e a Universidade de Coimbra e o Politécnico e as empresas, bem como a agricultura, o setor dos serviços e do turismo, promovendo os recursos endógenos.

Defendemos a construção da nova Maternidade deCoimbra

Lutar por um reforço das acessibilidades do distrito, quer rodoviárias, quer ferroviárias, bem como a cobertura de rede.

Pugnar pela construção do novo Palácio da Justiça e a deslocalização do Estabelecimento Prisional de Coimbra.

Defender medidas de proteção e conservação da orla costeira e de gestão e armazenamento da água no nosso território.

Defender o reforço da capacidade do porto da Figueira da Foz para fins comerciais e turísticos.

Promover a reorganização e o ordenamento florestal com os olhos postos no setor primário enquanto motor de desenvolvimento e coesão e prestaremos elevada atenção à agricultura, olhando para todo o território, apoiando decisivamente as intervenções de emparcelamento e de regadio e, nomeadamente, do Aproveitamento Hidroagrícola do Baixo Mondego.

Defender a ligação por autoestrada entre Coimbra e Viseu e no reinício da execução do IC6.

Dar especial atenção à requalificação da rede rodoviária (sobretudo entre sedes de concelho), salvaguardando um sistema regional de transportes públicos.

#AcreditarEmPortugal