Aliança Democrática

Conteúdo Principal
Aliança Democrática
Aliança Democrática

Lisboa

Cabeça de Lista
Luís Montenegro

Luís Montenegro


Luís Filipe Montenegro Cardoso de Morais Esteves nasceu em 16 de fevereiro de 1973.

Licenciado em Direito pela Universidade Católica Portuguesa, tem uma pós-graduação em Direito de Proteção de Dados Pessoais e um Programa Avançado em Gestão pelo INSEAD.

Advogado de profissão, fundou o escritório de advocacia SP&M, do qual foi sócio até julho de 2022.

Exerceu ainda o cargo de presidente da Assembleia-Geral do Grupo Ferpinta e da Rádio Popular.

Tendo escolhido Espinho como o local da sua residência de família, foi membro das principais instituições da cidade: Assembleia Municipal, da qual foi Presidente, e Câmara Municipal, onde foi vereador.

Em 2002, numa eleição que deu a vitória ao PSD, tornou-se deputado à Assembleia da República.

Foi eleito noutras quatro eleições legislativas (2005, 2009, 2011 e 2015), ocupando o cargo de deputado ao longo de 16 anos, tendo sido Presidente da bancada parlamentar entre 2011 e 2017.

É Presidente do Partido Social Democrata.

Candidatos
Efetivos
# Foto Nome Partido
1 Luís Montenegro
Luís Montenegro
Advogado
2 Joaquim Miranda Sarmento
Joaquim Miranda Sarmento
Docente Universitário
3 Ana Paula Martins
Ana Paula Martins
Farmacêutica
4 Paulo Núncio
Paulo Núncio
Advogado
5 João Vale e Azevedo
João Vale e Azevedo
Economista
6 Sandra Pereira
Sandra Pereira
Jurista
7 Bruno Ventura
Bruno Ventura
Gestor
8 Alexandre Homem Cristo
Alexandre Homem Cristo
Politólogo
9 Margarida Saavedra
Margarida Saavedra
Arquiteta Reformada
10 Alexandre Poço
Alexandre Poço
Consultor Financeiro
11 Gonçalo Lage
Gonçalo Lage
Gestor
12 Eva Pinho
Eva Pinho
Advogada Estagiária
13 Marco Claudino
Marco Claudino
Advogado
14 Luís Newton
Luís Newton
Autarca
15 Regina Bastos
Regina Bastos
Advogada
16 Isabel Galriça Neto
Isabel Galriça Neto
Médica
17 Carlos Reis
Carlos Reis
Jurista
18 Andreia Bernardo
Andreia Bernardo
Consultora de Comunicação
19 Gonçalo Câmara Pereira
Gonçalo Câmara Pereira
Engenheiro Agrónomo
20 António Rodrigues
António Rodrigues
Advogado
21 Sónia Oliveira
Sónia Oliveira
Gestora
22 Pedro Morais Soares
Pedro Morais Soares
Jurista
23 Gonçalo Conde da Costa
Gonçalo Conde da Costa
Docente Universitário
24 Camila Botão
Camila Botão
Estudante
25 António Jorge Lopes
António Jorge Lopes
Advogado
26 Vasco Touguinha
Vasco Touguinha
Advogado
27 Ana Catarina Marques
Ana Catarina Marques
Advogada
28 Martinho Caetano
Martinho Caetano
Contabilista Certificado
29 Sofia Vala Rocha
Sofia Vala Rocha
Jurista
30 Francisco Camacho
Francisco Camacho
Consultor Jurídico e Bancário
31 David Pato Ferreira
David Pato Ferreira
Economista
32 Liliana Fidalgo
Liliana Fidalgo
Técnica Superior da Administração Pública
33 Álvaro Carneiro
Álvaro Carneiro
Gestor
34 Raquel Lourenço
Raquel Lourenço
Advogada
35 Andreia Revez
Andreia Revez
Técnica Superior da Administração Pública
36 Jorge Barata
Jorge Barata
Consultor
37 Marta Caixinhas
Marta Caixinhas
Gestora
38 Maria Luísa Aldim
Maria Luísa Aldim
Consultora
39 Tiago Fernandes
Tiago Fernandes
Estudante
40 Filipa Guimarães
Filipa Guimarães
Técnica Superior de Relações Internacionais
41 Nina Sousa Santos
Nina Sousa Santos
Jurista
42 Rúben Bexiga
Rúben Bexiga
Consultor
43 Benvinda Oliveira
Benvinda Oliveira
Engenheira Informática
44 Felisbela Bernardo
Felisbela Bernardo
Autarca
45 José Melo
José Melo
Psicólogo Clínico
46 Raquel Paradela Faustino
Raquel Paradela Faustino
Jurista
47 Nuno Miguel Henriques
Nuno Miguel Henriques
Professor e Gestor Cultural
48 Vânia Ferreira
Vânia Ferreira
Bancária
Suplentes
# Foto Nome Partido
1 Valdemar Pedro Almeida
Valdemar Pedro Almeida
Consultor
2 Nuno Gusmão
Nuno Gusmão
Técnico Maquinista
3 Lina Lopes
Lina Lopes
Professora
4 Nuno Botelho
Nuno Botelho
Professor
5 Ângelo Pereira
Ângelo Pereira
Gestor
Principais Medidas

Lisboa AM

ACABAR COM O CAOS NO SNS E SALVAR OS HOSPITAIS PÚBLICOS DA RUTURA

Garantir a construção do novo Hospital de Lisboa Oriental e a mudança da gestão dos hospitais Beatriz Ângelo, Prof. Fernando Fonseca e Vila Franca de Xira.

NOVA ABORDAGEM PARA A IMIGRAÇÃO

Garantir uma política de imigração regulada, com combate à imigração ilegal e o tráfico humano, prevenindo e protegendo as vítimas destas práticas, apoiando devidamente as forças de segurança.

PACIFICAR E RECUPERAR A ESCOLA PÚBLICA

Garantir o aumento de recursos das escolas, em função das necessidades educativas específicas das respetivas comunidades.

SEGURANÇA URBANA E ORDEM PÚBLICA

Reduzir a taxa de criminalidade, em particular a criminalidade violenta e grave, e valorizar os homens e mulheres que servem nas forças de segurança. Regularizar ainda as dívidas aos Corpos de Bombeiros.

NOVAS SOLUÇÕES PARA A CRISE DA HABITAÇÃO

Incentivar a revisão dos PDMs dos concelhos do Distrito de Lisboa, possibilitando o aumento da sua capacidade construtiva para fins habitacionais.

MOBILIDADE E GRANDES INFRAESTRUTURAS AO SERVIÇO DO MOTOR ECONÓMICO DO PAÍS

Incentivar a atração de novos investimentos privados na área dos Transportes Coletivos pesados, abrindo novas linhas e novas operações.

 

Lisboa AO

Defender a construção do novo Hospital do Oeste

O Oeste não pode esperar! Nos últimos 29 anos, o PS governou 22! E sobre o novo Hospital, temos vivido de promessas de papel. É urgente que passe a realidade!

Lutar por um reforço das acessibilidades na região, nomeadamente os acessos rodoviários à A8, a construção do IC11 e a ligação rodoviária entre a A8 e A10, bem como um reforço das ligações ferroviárias

Dotar todos os concelhos do Oeste com ligação à A8 permitirá um reforço da competitividade económica da região e maior segurança e comodidade das populações. O reforço das ligações ferroviárias é essencial para tornar o comboio como um verdadeiro meio alternativo de transporte, quer de pessoas como de mercadorias.

Defender a criação de um Polo Universitário do Oeste

A localização privilegiada da nossa Região tornam-na especialmente atrativa para a criação de um Polo Universitário, que poderá gerar novas dinâmicas para todo o Oeste.

Assumir a melhoria do plano de regadio do Oeste como uma prioridade

A agricultura é um setor essencial no Oeste e a implementação de um plano, melhorado, de regadio deve ser defendido e colocado como prioridade.

Reforçar a componente empresarial da região, valorizando o território, a ciência e as empresas, bem como o setor dos serviços e do turismo, promovendo osrecursos endógenos

#AcreditarEmPortugal