Aliança Democrática

Conteúdo Principal
Aliança Democrática
Aliança Democrática

Portalegre

Cabeça de Lista
Rogério Silva

Rogério Silva



Rogério David Sádio da Silva nasceu a 15 de dezembro de 1980.

Casado, é pai de três filhos e reside em Fronteira. É Presidente da Câmara Municipal daquele concelho desde 2013 e Vice-Presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo desde 2015. 

Advogado de profissão, licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, tem especializações em Ciências Jurídico- Empresariais e em Direito Administrativo, obtidas no âmbito de cursos de mestrado em Direito e Ciência Jurídica, bem como uma pós-graduação em Direito da Contratação Pública pela mesma faculdade. 

Foi durante quatro anos Membro da Assembleia Municipal de Fronteira, cargo que desempenhou até 2009. Foi Membro da Assembleia Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo entre 2008 e 2009. Entre 2009 e 2013 foi Vice-Presidente da Câmara Municipal de Fronteira. Foi Membro do Conselho Económico e Social entre 2016 e 2017, e Membro da Comissão Nacional de Coordenação do Programa de Ação Nacional de Combate à Desertificação de 2009 a 2013. 

Foi ainda Vogal da Comissão de Vencimentos da empresa Águas do Norte Alentejano, S.A. de 2010 a 2011. Presidente da Assembleia Geral da AreanaTejo – Agência Regional de Energia do Norte Alentejano, S.A. entre 2013 e 2017. Foi também Vogal da Associação “Portalegre Distrito Digital” e Relator do Conselho de Jurisdição da Associação de Futebol de Portalegre. Entre 2017 e 2021 foi membro do Conselho Geral da Associação Nacional de Municípios Portugueses.

Em 2013 foi eleito Presidente da Comissão Política de Secção de Fronteira do Partido Social Democrata de cargo que desempenhou até 2019. É Vogal da Comissão Política Nacional dos Autarcas Sociais Democratas desde 2017.

Em 2022 sob o lema Unir o Distrito, Acreditar no País foi eleito Presidente da Comissão Política Distrital de Portalegre do Partido Social Democrata.

Candidatos
Efetivos
# Foto Nome Partido
1 Rogério Silva
Rogério Silva
Advogado
2 Luís Miguel Romão
Luís Miguel Romão
Professor
Suplentes
# Foto Nome Partido
1 Gracinda Esteves
Gracinda Esteves
Enfermeira
2 Margarida Coelho de Paiva
Margarida Coelho de Paiva
Advogada
Principais Medidas

DEFENDER A MELHORARIA DAS ACESSIBILIDADES DO DISTRITO

Rodoviárias: defender a conclusão do IC 13, a beneficiação do IP2 e das EN 371 e 373 e concretização de ligações danificadas nas intempéries. Ferroviárias: pugnar pela eletrificação e alteração do traçado da linha do leste e deslocalização da estação para mais perto da cidade de Portalegre. Defender a expansão em território nacional da Plataforma Logística do Sudoeste Ibérico.

ZELAR PELA SEGURANÇA PÚBLICA

Apostar na videovigilância na rua em locais onde haja maior criminalidade registada. Reforçar a segurança nas fronteiras. Pugnar pela construção do do novo Centro de Formação da GNR de Portalegre. Reforçar do número de efetivos na GNR e PSP. Reabilitar infraestruturas e renovação de frota e equipamento.

DEFENDER AS ASSOCIAÇÕES HUMANITÁRIAS DE BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS

Defender um modelo de financiamento equilibrado, previsível e diferenciado para territórios do interior do país. Defender a criação e valorização da carreira de bombeiro, adequada à função do ponto de vista remuneratório e da progressão.

ZELAR PELAS IPSS

Defender um modelo de financiamento equilibrado, previsível e diferenciado para territórios do interior do país, susceptível de garantir a sustentabilidade das instituições e permitir a valorização remuneratória dos trabalhadores.

DEFENDER O USO MAIS EFICIENTE DA ÁGUA

Defender a elaboração e operacionalização do Plano de Eficiência Hídrica do Alto Alentejo. Pugnar pela reabilitação do paredão da Barragem de Póvoa e Meadas.

ZELAR PELA SAÚDE DOS NORTE ALENTEJANOS

Defender o reforço do investimento em infraestruturas de cuidados de saúde primários, a ampliação do Hospital Dr. José Maria Grande, e a reabilitação e modernização do Hospital de Santa Luzia, em Elvas. Lutar por assegurar em todos os centros de saúde médicos de família em número suficiente para os utentes.

VALORIZAR A AGRICULTURA

Dar relevância política e institucional ao setor da Agricultura no seio do Governo e aos seus organismos, com a reintegração das florestas e do desenvolvimento rural no mesmo Ministério; Regularizar as dívidas com os agricultores e regressar a uma política de pagamentos atempados e certos; Implementar processos de desburocratização e simplificação; Reprogramar o PEPAC e acelerar da sua operacionalização e execução, com maior previsibilidade nas medidas de investimento e maior rapidez nos pagamentos dos apoios, garantindo o cumprimento das suas metas; Defender a expansão do perímetro de rega atualmente previsto para o futuro Empreendimento Hidroagrícola de Fins Múltiplos do Crato, de modo a maximizar o potencial agrícola do investimento.

#AcreditarEmPortugal